02 Mar 2019
Março 2, 2019

Prioridades

0 Comment

Prioridades

Ao mesmo tempo que em Paris o povo francês invadia as ruas em protesto contra o preço excessivo dos combustíveis, por cá, com a mesma ousadia e intrepidez, o povo invadia as grandes catedrais de consumo. Cada povo tem as suas prioridades!
Apesar dos alertas constantes para as campanhas de desconto fraudulentas, a “Black Friday” tem seduzido cada vez mais portugueses. Num único dia, a grande distribuição consegue alcançar 40% dos lucros de todo o mês de novembro. Tudo isso, fazendo super-descontos!
As práticas mais denunciadas, passam pelo anúncio de descontos sobre preços propositadamente inflacionados de véspera. No fundo, oferece-se 50% de desconto sobre o dobro do preço de referência de determinado produto. Apesar de já existirem algumas plataformas on-line que permitem analisar a variação dos preços antes da “Black Friday”, muitos consumidores ainda acabam por cair no engodo, deslumbrados com anúncios de 70% de desconto. Compete à ASAE controlar a formação dos preços e reprimir essas práticas enganosas. Mas as ações de controlo exigem tempo e recursos que não existem na ASAE. O Governo também tem as suas prioridades, e a defesa do consumidor não é uma delas.

A opinião do Presidente da Direção Nacional da ASF-ASAE no CM de 26/11/2018

Bruno Figueiredo

https://www.cmjornal.pt/opiniao/colunistas/bruno-figueiredo/detalhe/20181125_2314_prioridades?fbclid=IwAR28eNZ39nDjEwg-_3s8JdnKpHdHOvO-TaG7QAX6Gh8R0DrXuFMYv0mPaRc